segunda-feira, abril 20, 2009

Manuel Bandeira, Chico Buarque e Richard Dawkins

Que soluças tu,
Transido de frio,
Sapo-cururu
Da beira do rio...

    A FLIP (Feira Literária Internacional de Paraty) entrará na sua sétima edição, com uma fórmula de sucesso que aumenta a cada ano. Em 2009, será de 01 a 05 de julho. O homenageado da vez será o escritor pernambucano Manuel Bandeira (1886-1968), dono da poesia que abre a Semana de Arte Moderna em 1922: "Os sapos".

    Entre os mais famosos escritores presentes estará o também compositor Chico Buarque de Hollanda, que lançou mais uma obra em 2009, "Leite derramado". E chama-me atenção outra presença, a do biólogo Richard Dawkins (1941-). Dawkins é famoso por sua obra "O gene egoísta", ensaio sobre o fato de que somos na verdade carreadores de genes que são imortais. Participou de um grande embate público com um dos responsáveis pelo PGH (projeto Genoma Humano), o Dr. Francis Collins sobre a existência de Deus. Você pode tentar entender a dimensão de Dawkins no cenário da biologia atual acessando seu sítio oficial http://richarddawkins.net/ .

    Estarei lá para conhecê-lo. Se Deus quiser.

5 comentários:

Karla Pessôa disse...

O dawkins vem pro congresso internacional de comportamento em pirinópolis e eu não vou poder ir por causa de uma prova de evolução....

sorte a sua que vai poder encontra-lo

Anônimo disse...

Professor Marcelo o que impede de uma alga ser classificada como planta?Como posso justificar a teoria de endosimbiose e a evolução da vida?

professor lasneaux disse...

A falta de tecidos.
Duas espécies diferentes em algum momento interagiram, alojando-se uma na outra e a partir daí, evoluíram juntas.
Bons estudos!

Anônimo disse...

Professor marcelo, como assim tecido.achei que uma diferença essencial seria a capacidade de formar embrião.Um exemplo claro de endosimbiose não séria a mitocondria.Vc já deu uma olhada no livro o que é vida da lynn margulis?

professor lasneaux disse...

Sim. Eu o tenho.