Reação em cadeia da polimerase

Se você esquenta o DNA, ele muda. Sua dupla hélice é desfeita porque a forma helicoidal é estabilizada no espaço pelas ligações de hidrogênio. Sem elas, nada feito. Desnaturado pelo calor, suas fitas apresentam bases nitrogenadas admitindo novas ligações com suas complementares, Adenina com Timina e Citosina com Guanina. Com enzimas certas e nucleotídeos livres, novos DNAs podem ser sintetizados. Essa é a lógica, ainda que simplificada, da PCR, sigla para reação em cadeia da polimerase. Na prática, o método é uma grande copiadora de segmentos de DNA. É útil quando o material genético em questão é pouco para serventia.
Para entender melhor o método entre no sítio http://pcrfilme.vilabol.uol.com.br/ . É muito didático e preciso. Você vai gostar. E vai entender.

Comentários

Alice Braatz disse…
rárárá!
morri de rir, professor, mas muito bom, consegui entender...
yasmin jácomo disse…
Marcello, muito bom esse vídeo! E engraçado também.
Deu pra entender direitinho mesmo...
Também achei legal a explicação sobre eletroforese, pois não conseguia entender muito bem.
Mas não gostei do final (da causa da doença)...=/ Hehehehe...

Ah, acho que você digitou errado; colocou as bases complementares Adenina com Timina e Citosina também com Timina. É Guanina, né?!

=)
Ok! Já vou retificar! Obrigado!
Alexandre disse…
Professor,
acho q faltou uma palavra na enquete ae veih
Eduardo (sala 8) disse…
Muito bom professor!!!

Semana que vem tem vestibas!!! XD

Com esse video, vou gabaritar!!! (pelo menos um ou outro item =P)

Continue postando boas ferramentas de ensino!!! =D

Te mais!!!
Paula Steilmann disse…
Olá professor, sou estudante de ciências biológicas, estuno em Francisco Beltrão - PR. Gostei muito das suas expicações.
Me ajudou muito em um trabalho sobre PCR. :D

beijos
Ana Carolina disse…
Muitooo bom essa animaçãoo!!
rsrsrsrss

Não tem como entender como ocorre uma PCR!
Parabéns!

Postagens mais visitadas deste blog

Insetos e aracnídeos: uma confusão evitável

Lista de exercícios - biologia